sexta-feira, 28 de setembro de 2012

ESCÂNDALO DOS CONSIGNADOS: DESVIO DE DINHEIRO DE SERVIDORES EM ITAPIRAPUÃ


Crime parecido com o que provocou a prisão de assessores e auxiliares do prefeito na cidade vizinha de Jussara e que terminou no afastamento do prefeito Paulo Carvalhaes, foi denunciado e pode estar sendo praticado em Itapirapuã.
O escândalo em Itapirapuã diz respeito à apropriação indevida de recursos dos servidores municipais, com os empréstimos consignados, aqueles que são feitos nas instituições financeiras, como bancos e operadoras de crédito, com autorização pelo servidor para o desconto das parcelas na folha de pagamento dos salários. 

DINHEIRO DESCONTADO É RETIDO INDEVIDAMENTE
No período em dura o prazo do empréstimo os servidores tiveram os descontos das parcelas nos seus salários, mas a prefeitura não repassou a quantia descontada para o pagamento junto ao banco credor, tornando os servidores inadimplentes, com os cpfs incluídos no serasa e spc. O problema foi descoberto porque as instituições financeiras estão notificando os servidores para o pagamentos das parcelas em atraso, o que tem provocado revolta e indignação aos servidores, que vem recebendo o salário com a quantia descontada.

SERVIDOR DENUNCIA MARACUTAIA AO MINISTÉRIO PÚBLICO
O assunto é comentado nas ruas da cidade, um escândalo que assusta as pessoas, devido a sua gravidade, tratando-se de apropriação justamente de parte do salário do servidor que continua devedor e com o nome sujo na praça.
Uma servidora denunciou a fraude junto ao Ministério Público, juntando todos os documentos que comprovam tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário